Anna Wintour
Coolhunting

Anna Wintour quebra a sua regra n.º1

Oh merde! Pardon my french…, mas, Anne, por esse Chanel também eu quebrava a regra.

Nunca digas nunca Anna Wintour. Porque até ela, uma das personalidades mais influentes no mundo da moda, pode acabar por ceder à tentação… de vestir preto para uma noite especial. A editora da Vogue tem muitas regras de moda e uma das mais conhecidas é “never wear black”.

Ora, para o jantar de honra com o Presidente francês, Emmanuel Macron, na Casa Branca, Wintour quebrou o seu primeiro e mais importante mandamento: usou um vestido Chanel vintage de 1983, preto integral, que completou com joias, como colares, pulseiras e cintos. Terá sido em jeito de homenagem ao convidado francês? Será apenas por uma noite? Ou assistimos ao momento zeitgeist de Anna Wintour?

Em várias entrevistas, Anna Wintour tem revelado as suas preferências e estilos em matéria de moda, que, de imediato, se tornam uma espécie de envangelho. Para além da regra de nunca usar preto integral porque “parece muito sombrio como se fosse um funeral”, como disse na entrevista ao Go Ask, Anna da Vogue não mistura padrões e odeia néon, tendo revelado num vídeo, a propósito do US Open, o seguinte: "Não se esqueçam de usar os vossos óculos de sol, especialmente se os jogadores masculinos insistirem em usar essas feias cores fluorescentes." De resto, os óculos de sol acompanham-na quase sempre.

RELACIONADOS

Evasão

No Natal e no Ano Novo, há concertos à luz das velas em Lisboa

Concertos Candlelight, dedicados aos clássicos de Natal e a Vivaldi, acontecem em vários locais da cidade, entre 20 de dezembro e 5 de janeiro.

Coolhunting