Gucci Bloom
Coolhunting

E a marca italiana mais valiosa é… façam as vossas apostas!

Se é para comprar luxo italiano então que seja daquela que, pelo quarto ano consecutivo, está no pódio.

A Gucci lidera o ranking BrandZ 2022 com as 30 marcas italianas mais valiosas segundo a consultora Kantar, estudo que mede o valor da marca de acordo com resultados financeiros e a perceção que tem junto dos seus clientes.

A casa de moda italiana continua a dar dor de cabeça aos concorrentes, ocupando o primeiro lugar pelo quarto ano consecutivo, tendo até aumentado este ano o seu valor em 12%, estando agora avaliada em 37.9 mil milhões de dólares.

Na lista a Prada é a segunda marca de moda mais valiosa, entre os diferentes players de luxo, ocupando o sexto lugar, logo a seguir à Ferrari.

“A Excelência com produtos inovadores e uma excelente experiência de marca já não é suficiente para garantir o sucesso. As marcas devem abordar os novos valores dos consumidores que desejam que as marcas que compram se alinhem de acordo com os seus próprios valores. Hoje não pensam só como os produtos são feitos, mas também por quem, em que condições e se os seus materiais são de origem ética” explica Federico Capeci, diretor de marketing da divisão insights da Kantar. 

E acrescenta: "A marca líder Gucci, por exemplo, enfrentou esse desafio de frente. Ela hoje vende não apenas tecidos, artigos de couro e pedras preciosas, mas também compromisso, autenticidade e convicção.”

RELACIONADOS

Nécessaire

O elixir da juventude num sérum contra as rugas? Talvez, mas não será para todos

Deixemo-nos de tretas: se pudermos apagar algumas rugas ou evitar outras, não vamos dizer que não. Mas e se isso nos custar os olhos da cara? Aí talvez a conversa mude de figura.

Coolhunting