Cecile Cremer
Coolhunting

Vamos exigir vidas mais calmas?

Cécile Cremer desenha conceitos criativos e é fundadora de Trends & Innovation Agency da Wandering the Future. Foi uma das oradoras mais ouvidas no evento de lançamento da Versa, no passado dia 19, em Lisboa. Veio falar-nos de como seremos consumidores no futuro.

“Existe imensa tecnologia, mas ainda somos humanos, mas qual será o nosso papel?”, começa logo por dizer na sua apresentação (para ver aqui na Versa). O grande segredo, explica, está “em encontrarmos tempo para nós neste mundo cada vez mais acelerado, não perder o controle. Teremos de viver lifestyles mais equilibrados, ter mais experiências táteis e de toque, e movermo-nos de uma sociedade individual para uma mais orientada para o social.” Por outro lado, “vamos sentir uma necessidade crescente de propósito como indivíduos, mais do as próprias marcas”, que já estão a fazer esse caminho, “vamos procurar uma identidade, por isso vai crescer a necessidade de escapismo, o self-care, por isso o wellbeing é um sector crescente.”

Vamos entrar no caminho do “existencialismo ético: o que é realmente importante?” A Versa fez uma pequena entrevista a Cécile depois do evento, para ver e ouvir aqui.

 

 

 

 

RELACIONADOS

Coolhunting

Como será o mundo no metaverso?

Nils Müller, fundador da Trend One, veio ao evento de lançamento da Versa no passado dia 19, em Lisboa, para nos falar de entretenimento imersivo, e do mundo encantado onde a tecnologia nos pode levar.

Coolhunting