Fotografia: Unsplash
Coolhunting

Bijuteria feita a partir de trotinetas: isto sim, é reciclar

Se podemos transformar garrafas de plástico em viseiras, frascos em suportes de velas e caixas de sapatos em vasos, o que se pode fazer com trotinetas da Bolt que já não funcionam?

A Bolt e Tanel Veenre, um designer estónio com um estilo extravagante e divertido muito próprio, juntaram-se para dar uma nova vida às trotinetas antigas que saem de circulação. Do alumínio e outros materiais recicláveis de que são feitas, nasceram peças de bijuteria que compõem a coleção Hardwear.

Esta é a primeira vez que a plataforma europeia de mobilidade se aventura no mundo da moda e ainda por cima através da reciclagem.

Há brincos e pulseiras azuis, verdes, roxas, pretas e prateadas, feitos à mão, cujos preços variam entre os 39 e os 89€.

São peças ultra leves, porque o alumínio é quatro vezes mais leve do que a prata. Os brincos 001 pesam apenas 5 gramas, enquanto as pulseiras 003 pesam 13 gramas.

Sendo que são feitas a partir de material próprio para andar na rua, são também bastante duradouras. Resistem às condições atmosféricas mais adversas, ao desdouro e à ferrugem.

Contêm ainda  um revestimento refletor que permite uma maior visibilidade à noite, seja na rua ou numa qualquer pista de dança.

A Bolt embarcou neste projeto por dois motivos: pela sustentabilidade, para reciclar estes veículos que foram descontinuados e não desperdiçar peças; pela segurança, para criar acessórios refletores e bonitos que possam garantir a segurança de todos os utilizadores da estrada.

As peças da coleção Hardware são um sucesso, tanto que muitas estão já esgotadas. Podes vê-las e comprá-las no site de Tanel Veenre.

 

RELACIONADOS

Coolhunting

Entra no espírito natalício como Jennifer Lopez

A camisola de Jennifer Lopez, que combina discretamente com o Natal, não tem renas, mas sim um padrão jacquard, que também podes usar.

Coolhunting