Aston Martin DB6
Design e Artes

O Aston Martin de Carlos III usa combustível à base de resíduos de vinho e queijo

Redação

A conversão do automóvel, efetuada em 2021, pretende chamar a atenção para a adoção de medidas que combatam as alterações climáticas.

Um Aston Martin DB6 de 1970, um dos automóveis de Carlos III, utiliza um combustível fabricado à base de resíduos de vinificação de vinho branco e de soro de leite desperdiçado na produção de queijo.

Em 2021, por altura da conversão do veículo que detém desde os 21 anos, o atual rei disse à BBC que esta transformação pretende contribuir para um esforço de consciencialização da adoção de medidas que combatam as alterações climáticas.

O combustível, conhecido como E85, é produzido com 85% de bioetanol proveniente de resíduos naturais. Os restantes componentes são retirados de petróleo sem chumbo, considerado menos poluente e mais eficiente. 
 

RELACIONADOS

Coolhunting

Look de Kendall Jenner deixa-nos obcecados por uns "golden nipples"

Kendall Jenner saiu pelas ruas de Nova Iorque com um look que entra para a nossa lista de obsessões.

Design e Artes