Freddie Mercury | Fotografia: Getty Images
Design e Artes

Freddie Mercury continua a oferecer presentes aos amigos e família

  • 27 dez 2022, 11:55
Redação

Mais de três décadas depois da morte do cantor, as pessoas mais próximas de Freddie Mercury continuam a receber presentes de Natal do artista.

Mesmo passados 31 anos da morte de Freddie Mercury, o vocalista dos Queen continua a deixar uma marca na vida de familiares e amigos próximos. Antes de morrer, o músico deixou em testamento um pedido para que a Fortnum & Mason, uma loja de produtos de luxo em Londres, entregasse todos os anos, no Natal, um cabaz às pessoas que lhe eram mais próximas.

Em 2019, um porta-voz da loja disse ao jornal Daily Mail, citado pelo Expresso, que “não é a primeira vez que alguém faz isto”, e que se trata de um gesto “encantador”.

O vocalista dos Queen morreu a 24 de novembro de 1991, aos 45 anos, com uma pneumonia. Freddie Mercury havia sido diagnosticado com HIV em 1987, mas quando foi afetado por esta pneumonia já vivia com sida, uma síndrome de imunodeficiência causada pelo vírus.
 

RELACIONADOS

ConVersa

"Vivemos os dias mais extraordinários na indústria automóvel"

Na conVERSA desta semana, falamos com Francesca Sangalli, diretora de cores e materiais da CUPRA.

Design e Artes