Georgina Rodríguez na ELLE espanhola | Fotografia: Instagram
Design e Artes

O outro lado da vida de Georgina Rodríguez não é assim tão cor de rosa

Numa entrevista reveladora à ELLE espanhola, Georgina falou das adversidades deste último ano e lamentou as duras críticas de que é alvo no Instagram, sobretudo vindas de mulheres.

Seja por causa de uma imagem, uma peça de roupa, uma palavra ou um simples gesto, há sempre motivo para uma crítica nas publicações de Georgina Rodríguez no Instagram. Quem o diz é a própria numa entrevista à ELLE espanhola.

Entre os mais de 42 milhões de seguidores e outros tantos internautas, há uma boa percentagem que faz sempre comentários negativos e a maior parte deles vem de mulheres.

"Parece-me muito importante que nos ajudemos e nos unamos para conseguir tudo o que os nossos antepassados iniciaram. Mas também me dei conta de que somos as maiores críticas de nós mesmas. Gostamos de gritar que somos defensoras da causa, mas, se entrares no meu Instagram, 95% das críticas que recebo a cada passo que dou vêm de mulheres. Às vezes, exigimos direitos que nós mesmos não respeitamos. Parece-me que ainda temos muito a fazer neste sentido"

"Gostamos de gritar que somos defensoras da causa, mas, se entrares no meu Instagram, 95% das críticas que recebo a cada passo que dou vêm de mulheres."

Georgina Rodríguez vive constantemente com a "pressão" das luzes dos holofotes e isso, por vezes, incomoda-a, sobretudo porque percebe que a sociedade "não é tão exigente com os homens como o é com as mulheres... em questões como a beleza, por exemplo." "Somos constantemente julgadas pela nossa aparência. Eu digo sempre: cuido-me porque quero estar bem e ter boa aparência, mas relacionando-a sempre à saúde", explica.

"Assim como cuidamos da natureza, como cuidamos das nossas mães, dos nossos filhos... temos que nos cuidar. Eu cuido-me porque quero viver muitos anos, porque quero ver os meus filhos a crescer, porque quero continuar a aproveitar a vida e não me importo se for com uns quilinhos a mais, porque a felicidade não pesa, nem incomoda. Embora pareça um cliché, a beleza está no interior", revela Georgina.

Esta entrevista à ELLE antecipa a estreia da segunda temporada do reality show “Soy Georgina”, da Netflix

RELACIONADOS

Evasão

Lotaria Clássica do Natal anda à roda dia 26

  • 22 dez 2022, 11:46
Redação

Os Jogos Santa Casa são o patrocinador principal do Wonderland Lisboa há sete edições e prometem mudar a vida de alguem! E se fosse a tua?

Design e Artes