Camilla, Rainha Consorte. Fotografia: Getty
Design e Artes

Se Camilla for coroada com este diamante, o trono estremece

Caso o infame diamante Koh-i-noor protagonize a coroação da Rainha Consorte, não se prevê coisa boa.

Carlos III e a Rainha Camilla serão coroados na Abadia de Westminster no próximo dia 6 de maio, numa cerimónia religiosa que terá toda a atenção do mundo, em especial, da Índia – e tudo por culpa da coroa que poderá vir a ser colocada sobre a cabeça de Camilla.

A coroa da rainha-mãe, a mais valiosa do reino britânico, e aquela que serviu para coroar a Rainha Isabel II, tem o infame diamante Koh-i-noor como seu protagonista. Trata-se do diamante mais famoso do mundo, cujo nome significa “montanha de luz”, com cerca de 105 quilates, extraído numa mina da Índia há centenas de anos durante a dinastia de Kakatiyan, nos séculos XII e XIV.

Uma pedra preciosa que, antes mesmo de pertencer à casa britânica, passou pelas mãos de diversos povos – mongóis, persas e afegãos - e só em 1849 é que terá sido oferecido pela Índia à casa real britânica, na sequência de um acordo da guerra anglo-Sikh. Quando em 1953 a Rainha Isabel II foi corada, os governos do Irão, Afeganistão, Paquistão e Índia reivindicaram o diamante – agora, a história repete-se.

Ainda que o Palácio de Buckingham tenha assegurado que a cerimónia de coroação não se regerá apenas por tradições, a Índia fez questão de relembrar as dores que o uso da jóia Koh-i-Noor pode trazer aos indianos: “A coroação de Camilla e o uso da joia da coroa Koh-i-Noor trazem lembranças dolorosas do passado colonial”, disse um porta-voz do primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, à imprensa britânica, citado pelo El País.

Se o governo britânico não quer conflitos diplomáticos com a Índia, é melhor mesmo deixarem as tradições de parte e pôr uma outra coroa na cabeça de Camilla.

Mas caso o governo não se importe com estas quezílias, que tenha atenção aos azares deste infame diamante. É que, segundo lendas – sim, são mais do que muitas – esta pedra preciosa é fonte de maldição para os homens que a possuem.

 

RELACIONADOS

Coolhunting

Irreverência, peças artesanais e muita elegância no Portugal Fashion

O Portugal Fashion passou por locais emblemáticos da cidade do Porto, onde foram apresentadas coleções únicas, irreverentes e muito elegantes, de nomes que marcam a moda nacional e internacional. Vê aqui algumas coleções.

Design e Artes