Black Bird
Design e Artes

Cinco séries para ver em julho quando o calor apertar

O verão chegou, mas nem por isso deixam de haver novidades no mundo do streaming. Entre regressos aguardados e estreias de séries aclamadas lá fora, estas são as séries que tem de ver em julho.

Stranger Things

A segunda parte da quarta temporada do drama de ficção científica criado pelos irmãos Duffer desenrola-se em dois longos episódios (um deles com mais de duas horas) que prometem agarrar os fãs da série passada nos anos 1980 com a qualidade do enredo e dos efeitos especiais. Por ocasião da estreia do segundo volume, o ator David Harbour, que interpreta Hopper, disse à Reuters que iriam “ficar surpreendidos”. A quinta temporada começa a ser rodada em 2023.

Netflix, T4

Homem vs Abelha

O ator britânico Rowan Atkinson, mais conhecido pelo papel de Mr. Bean na sitcom homónima, está de regresso – desastrado como sempre. Apesar de se reconhecerem alguns traços que remetem Trevor (Rowan Atkinson) para o personagem que eternizou nos anos 1990, a nova série de comédia da Netflix vai mais longe na trama. Com argumento de Atkinson e de William Daviese realização de David Kerr, ao longo de nove curtos episódios assistimos a uma batalha colossal entre um homem, encarregue de tomar conta de uma moderna casa apetrechada de tecnologias de um casal rico, e uma abelha (criada digitalmente e com quem Atkinson contracena). Claro que tem tudo para correr mal.

Netflix, T1

In My Skin

Apesar de se ter estreado no Reino Unido em 2018, apenas agora chega a Portugal esta produção da BBC Three, que venceu este ano o BAFTA de Melhor Série Dramática e de Melhor Argumento (em 2021 estreou-se a segunda temporada). Escrita por Kayleigh Llewellyn e realizada por Lucy Forbes (The End of the F*cking World), a série britânica conta-nos a história de Bethan (Grabielle Creevy), uma adolescente galesa de 16 anos, filha de uma mãe bipolar (Jo Hartley) e de um pai (Rhodri Meilir) com problemas de álcool, que vai desbravando os dramas próprios da idade enquanto nos mostra os parques e as ruas de Cardiff. 

Filmin, T1

Black Bird 

Baseada no livro autobiográfico de James Keene, de 2010, In With the Devil: A Fallen Hero, a Serial Killer, and a Dangerou Bargain for Redemption, a série de true-crime que teve o argumento escrito por Dennis Lehane (Mystic River ou Shutter Island), passa-se nos anos 1990, dando a conhecer Keene (Taron Egerton), um jovem atleta de secundário que é condenado por tráfico de droga. A sua vida muda quando, graças a um acordo com o FBI, é transferido para uma prisão de segurança máxima com o objetivo de conseguir que um assassino em série, Larry Hall (Paul Walter Hauser), diga onde enterrou as suas vítimas. Só assim Keene sairá em liberdade. Ray Liotta, que morreu em maio, encarna o papel de pai de Keene.

Apple TV+, T1, 8 de julho

Cacau

Cacau. Fotografia: RTP

Esta produção franco-marfinense, estreada em 2020, debruça-se sobre a história de Anthony Desva (Olivier Kissita), filho de um empresário ligado à indústria do cacau, na Costa de Marfim, que é obrigado a regressar ao seu país depois de uma tentativa de assassinato dos pais, ficando responsável pelos negócios de família. Com realização de Alex Ogou, conta ainda com Serge Abessolo e Fargass Assandé no elenco. Contra a sua vontade, o herdeiro do negócio de família terá de lidar com os Ahitey, uma família rival que se dedica ao mesmo ramo de atividade. Passa na RTP2, às quartas-feiras, pelas  22h.

RTP 2, 22h

RELACIONADOS

Evasão

O Renascimento português chega ao Louvre com a LVMH

“A idade do ouro do renascimento português” está numa ala do Louvre com obras do Museu Nacional de Arte Antiga e o patrocínio da maior casa de luxo internacional, a LVMH. A ponta do grande iceberg que é a temporada Portugal-França, espalhada por vários espaços culturais em ambos os países.

Design e Artes