48h em Barcelona
Evasão

48 horas em Barcelona: onde ficar, o que ver, onde comer

Demos uma escapadinha até Barcelona e deixamos-te umas ideias.

Barcelona é uma das cidades mais turísticas de Espanha, seja pelo Park Güell, pelas Ramblas, mas principalmente pela arquitetura dos edifícios de Gaudí (como a Casa Batló) e a icónica Sagrada Família.

Este é um breve artigo para uma breve estadia. Se quiseres aproveitar para visitar a cidade durante um fim-de-semana, acredita que 48h são suficientes.

A primeira coisa a fazer é comprar bilhetes para o op-on op-off, o autocarro turístico que percorre não só o centro, mas também os arredores de Barcelona. O preço do bilhete ronda os 40 euros e podes utilizá-lo durante as 48 horas e compensa – não só como meio de transporte, mas também como percurso turístico.

Quanto à estadia, sugerimos, por exemplo, o Generator, que é um hotel-hostel muito bem localizado, paralelo ao Passeig de Gràcia. O espaço é muito confortável, decorado de forma modernista, com cores vivas, transparecendo uma certa juvenilidade. Nas redondezas encontras diversas pastelarias e restaurantes, entre elas a Vivari Coffe and Bakery que tem uma imensidão de escolhas para pequeno-almoço e lanche.

O que visitar?

Park Güell – reserva toda a manhã para esta visita, pois é um parque de grandes dimensões que vale muito a pena. O bilhete custa 10 euros.

Depois de calcorreares as ruas da cidade durante toda a manhã, experimenta o Oassis Natural Cooking, ideal para um almoço agradável – aconselhamos vivamente a escolha de qualquer um dos pratos “per compartir”.

À tarde aproveita para ver os vastos detalhes arquitetónicos da imponente Sagrada Família, o monumento mais visitado em Barcelona. Seguidamente, uma caminhada pelo Passeig de Gràcia que te leva à Praça da Catalunha e posteriormente à descida das Ramblas (atenção aos carteiristas) até à zona portuária, nomeadamente, ao Porto Velho e ao World Trade Center.

Onde jantar?

A gastronomia espanhola é especialmente conhecida pelas suas famosas tapas e o melhor restaurante de Barcelona para desfrutar das emblemáticas tapas: La Pepita – aconselhamos a reserva de mesa, uma vez que, a qualquer hora da noite, este restaurante tem filas de pessoas à porta.

Nas restantes 24 horas tens ainda muito por ver e visitar.

Vai até ao MNAC (Museu Nacional de Arte da Catalunha), com vista privilegiada para a cidade. A descida do museu até à Praça de Espanha é composta por várias fontes exuberantes, arbustos delicadamente desenhados e pedras esculpidas simetricamente. 

Não deixes de ir à Cidade Velha, zona de Barcelona repleta de museus. O nosso eleito é o Moco Museum, um museu que só existe em Barcelona e Amesterdão e que fervilha arte contemporânea: desde obras de Hirst a obras de Banksy. O preço do bilhete custa, no máximo, 15 euros e se instalares a app do museu podes surpreender-te com o movimento e interação das obras através do ecrã! A alguns minutos a pé do museu encontra-se o Arco do Triunfo de Barcelona, uma zona muito movimentada e cheia de vida.

Por fim, sugerimos uma visita noturna à Casa Batlló, pois o contraste do escuro com as luzes do edifício torna a experiência muito mais fascinante. Barcelona, voltaremos.

RELACIONADOS

Design e Artes

Vasos que fazem inveja às próprias flores

Flores e têxteis são dois elementos que dão vida a qualquer casa, que dão aquele toque intimista e de aconchego. Mas os vasos podem também ser peças importantes para compor um bom ambiente.

Evasão