A Cerdeira, nas Aldeias do Xisto Fotografia Aldeias do Xisto
Evasão

Destinos baratos de outono e inverno sem sair do país

A versa deixa-te três sugestões de viagens para alegrar o teu outono.

Quando dermos por nós, os dias já serão mais curtos. As malhas arrumadas nas gavetas vão voltar para o armário e passar a fazer parte das indumentárias diárias. Há que aceitar: o outono está aí e, não tarda nada, chega o frio do inverno. Mas o tempo frio também traz coisas reconfortantes. O cheiro a castanhas na rua, a roupa aconchegante, a comida de conforto ou um serão passado à lareira são tudo coisas que já nos deixam saudades. O melhor seria ainda poder fazer tudo isto em pequenas escapadinhas nos meses frios que se avizinham. Estas são as sugestões da Versa para viagens de outono e inverno baratas, sem sair do país.

Aldeias do Xisto
No centro de Portugal, encontramos um território rodeado por vales onde a natureza pode ser experienciada durante todo ano.  A rede das Aldeias do Xisto, que se divide pela Serra da Lousã, Serra do Açor, Zêzere e Tejo-Ocreza, é a nossa sugestão de viagem, oferecendo experiências gastronómicas e de lazer. A aldeia da Cerdeira, na Serra da Lousã, por exemplo, é uma das mais conhecidas, com preços de casas que podem ser reservadas no site bookinXisto a partir de €112,5 por noite (preços para novembro). Também é possível marcar experiências como aprender a usar uma roda de oleiro, aprender a fazer brinquedos em madeira ou queijo fresco artesanal.

Serra do Buçaco


Ali ao lado da Mealhada e de Coimbra, uma visita à Serra do Buçaco permite descansar por uns dias, sempre em contacto com a natureza e saboreando a melhor gastronomia regional. A Mata Nacional do Bussaco, considerada uma área protegida, é de paragem obrigatória. Aí, poderá fazer vários trilhos pelas florestas que contam com mais de 80 espécies de aves. E ainda visitar o Convento de Santa Cruz, fundado em 1628, e o Palace Hotel do Bussaco, edifício de estilo manuelino construído em 1888, que é agora um dos hotéis mais luxuosos do país. Em matéria gastronómica, vale a pena fazer uma visita (cedo) ao Rei dos Leitões, um dos melhores restaurantes da zona, possuidor da mais apetrechada garrafeira do País. O Grande Hotel de Luso, no Luso, é uma boa opção para ficar a dormir. Os preços começam a partir dos €85 para um quarto duplo em novembro.

Trás-os-Montesz


Dividida por Boticas, Chaves, Montalegre, Ribeira da Pena, Valpaços e Vila Pouca de Aguiar, a Rede de Tabernas do Alto Tâmega apresenta o melhor da gastronomia de Trás-os-Montes. Este é, digamos, um dos pontos de interesse da nossa sugestão de viagem até esta região no Norte do país. A Casa do Pedro, em Boticas, a Adega do Fumeiro e a Taberna Ti’Ana da Eira, em Montalegre, são algumas das paragens sugeridas para comer. Fica a dormir em Chaves, no Ibis Styles Chaves, um hotel de três estrelas a 400 metros do centro, com preços por noite a partir de €129.
 

RELACIONADOS

Gourmet

O Japão encontrou um cantinho neste restaurante mexicano

O Las Dos Manos, no Bairro Alto, faz uso da gastronomia nipónica “para dar alguma tonalidade à cozinha mexicana”. É assim o novo restaurante do chef Kiko, que nasce de uma ideia (aparentemente) descabida.

Evasão