Gare de l'Est, em Paris Fotografia: Barthelemy de Mazenod/ Unsplash
Evasão

De Paris a Istambul: o Expresso do Oriente está a chegar

Grupo francês Accor vai trazer de volta o Expresso do Oriente. A primeira viagem deve ter lugar em 2024 e os primeiros bilhetes são postos à venda em 2023.

Um pouco por todo o mundo, o debate em torno do uso do comboio como sendo o meio de transporte com menos impacto para o ambiente tem sido cada vez mais alimentado. Não é, por isso, de estranhar que surjam novos projetos e investimentos na via férrea. Falamos, por exemplo, do regresso do Expresso do Oriente. O comboio de luxo que começou a circular em 1883 vai ser trazido de volta em 2024 pelo grupo hoteleiro francês Accor, depois de as suas composições terem sido encontradas em 2015 na fronteira entre a Polónia e a Bielorússia.

Apesar de a rota exata ainda não ser conhecida, é possível que a última paragem seja feita em Istambul, tal como no comboio original. Guillame de Saint Lager, vice-presidente do Expresso do Oriente, quer “reimaginar o Expresso para criar algo intemporal”, disse, citado pela Condé Nast Traveler. “A ideia é apresentar uma fantasia: um comboio que poderia ter sido feito hoje ou há 100 anos – com todos os acrescentos dos confortos contemporâneos”, acrescentou.

Composto por 17 carruagens – 12 delas para dormir, um restaurante, três salas de estar e um vagão para a tripulação – datadas dos anos 1920 e 1930 e pertencentes ao Nostalgie-Istanbul Orient-Express (o comboio tinha vários nomes, dependendo das suas rotas), o restauro do comboio foi entregue ao arquiteto parisiense Maxime D’Angeac, com o objetivo de recriar um estilo Art Deco que evoque o passado com um toque moderno. 

Os primeiros bilhetes serão postos à venda em 2023.
 

RELACIONADOS

Design e Artes

Batgirl foi cancelado e já não chegará aos cinemas

Decisão foi revelada esta quinta-feira pela Warner Bros, não se sabendo o que a motivou.

Evasão