Passadiços do Mondego
Evasão

Os novos Passadiços do Mondego mostram a beleza da Serra da Estrela

Os novos percursos estendem-se por uma área de 12 quilómetros, atravessando ribeiras, levadas e revelando um património natural ímpar aos visitantes.

De Videmonte, na montanha, até à Barragem do Caldeirão, passando pelas localidades de Trinta e Vila Soeiro, os novos Passadiços do Mondego, inseridos no Parque Natural da Serra da Estrela, estendem-se por cerca de 12 quilómetros. Inaugurado no passado domingo, o percurso faz uso de caminhos já existentes, contando com três pontes suspensas – duas delas reabilitadas.

Dos 11,5 quilómetros, 6,7 mil metros podem ser percorridos em cima dos novos passadiços de madeira. A Ponte do Ribas, uma das pontes renovadas, conta com um novo equipamento de slide. Com vistas arrebatadoras, passando por entre cascatas e moinhos, o itinerário passa pelos geossítios de Miradouro do Mocho Real, as escombreiras e cascalheiras do Alto Mondego ou as antigas fábricas de lanifícios, de tecelagem e de produção de eletricidade (Hidroelétrica do Pateiro).

O objetivo desta nova construção, lê-se na página de Internet de promoção dos Passadiços do Mondego, é “e dar a conhecer a paisagem e o património ambiental e histórico das aldeias circundantes, garantindo novas experiências aos visitantes, através da criação de pontos de interesse que lhes revelam os mais bem guardados segredos do Mondego”.

O investimento na construção da estrutura rondou os quatro milhões de euros, com 85% do financiamento a ser assegurado por fundos europeus.
 

RELACIONADOS

Coolhunting

Natal dentro e fora da mansão de Georgina e Cristiano Ronaldo

O Natal chegou a casa de Cristiano Ronaldo e de Georgina Rodriguez e aguçou a nossa inspiração natalícia.

Evasão