Folegandros, Grécia
Evasão

Cinco vilas europeias charmosas e secretas

Quem nunca sonhou passar uns dias numa deslumbrante e tranquila vila europeia, que atire a primeira pedra. Nós damos cinco sugestões.

Viajar e conhecer novos lugares é uma das melhores sensações do mundo. Mais ainda quando se descobrem aldeias, vilas ou pequenas cidades que parecem ter saído dos livros de história, com edifícios históricos bem conservados e paisagens idílicas. Deixamos cinco sugestões de locais que podem e devem ser visitados pelo menos uma vez na vida.

Kotor, Montenegro

A vila de Kotor, que fica a cerca de 80 quilómetros da capital do país, tem um centro histórico medieval simplesmente apaixonante. As praias ainda não estão cheias de turistas, mas é algo que não deve durar muito tempo.

A não perder: Catedral de Kotor (Catedral de São Trifão), Praça central (Trg od Oružja), Torre do Relógio e pequeno Kotor Bazaar.

Folegandros, Grécia

Esta vila grega tradicional não tem nada a ver com a agitação de Santorini. Tem ruas de paralelepípedos, praias rochosas e rústicas, mansões e tabernas tradicionais que parecem ter saído de um filme grego antigo.

A não perder: Praça principal de Chora, vilarejo medieval Kastro, Praça Pounta e o pôr do sol.

Getaria, Espanha

A cerca de 30 quilómetros de San Sebastián, esta vila basca é um magnifico destino para quem procura gastronomia com sabor a mar. Na região destacam-se as casas medievais, o porto e a bonita caminhada até o farol.

A não perder:  Passeio pela vila, a Igreja de San Salvador, o porto de Getaria e o cume do monte de San Antón.

St. Mawes, Inglaterra

Esta é a típica vila piscatória onde há casas caiadas de branco e salões de chá. De carro, a viagem entre Londres e St. Mawes são cinco horas. Era um dos locais favoritos da falecida Rainha Isabel II.

A não perder: Castelo de St. Mawes, os trilhos panorâmicos, o Lamorran House Garden e a praia Tavern.

Hall in Tirol, Áustria

Esta pequena vila repleta de arquitetura medieval é considerada uma das mais bonitas da Áustria. Não precisas andar de carro para conhecê-la porque tem apenas 5,51 km².

A não perder: O museu da hortelã, a Igreja de São Nicolau, o Vale de Ötztal de Stuibenfall e um passeio pela cidade velha.

Gourmet

É possível viver sem entregas ao domicílio? Estas receitas vencem a Uber Eats

Um smartphone sem apps de delivery é uma raridade, mas existe e até corre bem.

Evasão