Buffet | Fotografia: reprodução YouTube do filme "La Grande Bouffe"
Gourmet

Um buffet com as sete tendências de alimentação para 2023

Do inhame roxo aos cocktails sem álcool, espreita as tendências de alimentação que vão marcar o próximo ano.

Esquece a dieta de Ano Novo para emagrecer e fica a conhecer as tendências do mundo da alimentação para 2023. Há várias e adiantamos já que são mais saudáveis do que possas pensar. 

Apenas duas delas fogem à regra, como é o caso da "Swicy Food", por sinal, bastante curiosa.

1. Inhame roxo

Ube ou inhame roxo é um tubérculo famoso nas Filipinas que está em ascensão pelos Estados Unidos da América. A popularidade – que em parte se deve à cor viva que deixa em pratos instagramáveis – deverá fazer com que o inhame roxo chegue em breve a outros países. 

2. Comida funcional

Uma alimentação mais funcional vai prevalecer nas escolhas alimentares de 2023. Os chamados superalimentos, assim como os probióticos que melhoram a função do intestino, vão ser falados em força no próximo ano. Para saberes mais sobre o assunto, podes espreitar o novo livro de Joana Teixeira, fundadora do The Therapist, com 50 receitas funcionais. 

3. Tábuas de manteiga 

Se és amante de manteiga, deves estar prestes a salivar. Em 2023, a manteiga terá de ser sempre apresentada com frutos secos e frescos, flores comestíveis e em cima de uma tábua de madeira. No fundo, imagina uma tábua de queijos, mas cheia de manteiga. No Tik Tok tens alguns exemplos. 

 

4. Swicy Food

Sweet e spicy (doce e picante, na tradução respetiva) juntam-se para dar origem à nova tendência inspirada na cozinha sul-coreana: "Swicy Food". É um misto entre doce e picante, que tanto pode aparecer em entradas, como em sobremesas. Eis alguns exemplos: chocolate preto com pimenta, mel picante e frango frito com compota de morango. 

5. Pele de frango 

Por falar em frango, seguimos para a quinta tendência de 2023: pele de frango. Pode ser transformada em nachos para mergulhar em molhos, em topping de saladas ou mesmo em chips para comer como snack. 

6. Peixe em conserva

Mais uma vez o Tik Tok aparece a ditar as tendências. Experimentar peixes em conserva é a próxima. A ideia é partilhar latas de peixes e bivalves, como polvo, bacalhau, atum, sardinha, ameijoas, berbigão e lingueirão. Além da grande diversidade que já existe nos supermercados, podes encontrar mais na marca portuguesa Miss Can, à venda online e na petiscaria junto ao Castelo de São Jorge, em Lisboa. 

 

7. Cocktails sem álcool

Os números não enganam: a procura no Pinterest por cocktails sem álcool aumentou 220% e por mocktails 75%, de acordo com o relatório da plataforma que dá conta das previsões de tendências para 2023. Não há dúvida de que os cocktails sem álcool vão ser tendência no próximo ano.

RELACIONADOS

Evasão

É por isto que os americanos adoram Portugal, e não falamos do sol

A revista Forbes revelou a lista dos dez melhores sítios para os cidadãos dos EUA que querem deixar o emprego e mudar de vida. E Portugal tem muitos pontos a favor.

Gourmet