O Aura Dim Sum ocupa o espaço de uma antiga farmácia em Alfama
Gourmet

No Aura Dim Sum, a arte é a mesma mas a casa é outra

O atelier de dim sum deixou a Bica e mudou-se para Alfama, para um espaço maior, e traz novidades na carta.

Na Rua das Escolas Gerais, em Alfama, onde em tempos funcionou uma farmácia, abriu um restaurante que dá a conhecer uma das iguarias chinesas mais conhecidas. Falamos do Aura Dim Sum, um projeto iniciado em 2019 que começou por ser um pop up, local de eventos e residências gastronómicas, que já teve várias moradas (até lá fora). Pensado e criado por Catarina Goya e José Luís Suárez, este atelier de dim sum – o único em Lisboa –  começou por ocupar um pequeno espaço na Bica e é o resultado de anos de aprendizagem com os melhores mestres da arte de fazer dim sum.

Ainda que o menu continue dividido por diferentes tipos de dumplings: ao Vapor, Guo Tie (pan fried), Frito, Chao Shou (wontons servidos com molho picante) e Baozi, há novos pratos que antes eram servidos apenas em ocasiões especiais no restaurante da Bica, onde apenas tinham lugar para 16 pessoas.

Algumas das novidades são o Sea Shumai ao Vapor, Holy Fish, Milho e Espargos, Wonton de porco e camarão ou Money bags. As influências da gastronomia vietnamita também se fazem sentir na carta com pratos como o Nem Rán Hà Nôi ou o Pato Crocante. 

Para acompanhar as refeições, há uma carta de cocktails desenvolvida por Cheila Tavares, uma das bartenders mais criativas da cidade. O Flying Lotus, uma espécie de Asian Spritz 
com gin, citronel, folhas de lima kaffir, hibisco e flor de sabugueiro; o Nana High,  um licor de banana com flor de sabugueiro e espumante ou o Aura Herbal Liqueur, com vodca, lima kaffir, citronela, licor de coco tostado e xerez são as novas bebidas criadas de raiz. 

Vê, na galeria, alguns dos novos pratos do Aura Dim Sum.
 

RELACIONADOS

Nécessaire

Beleza e saúde num único produto: o sol pode ir, mas a vitamina D fica

Nem sabíamos que precisávamos deste cosmético, até sabermos para que serve.

Gourmet