Reprodução filme "Honey, i shrunk the kids (1989)"
Gourmet

Esquece a dieta: estes 16 bolos portugueses fazem-nos perder a cabeça

Portugal tem um número sem fim de pastéis, bolos e doces tradicionais. E nós, como bons portugueses, adoramos provar tudo. Quem resiste a estas iguarias?

Não há cidade, vila ou aldeia portuguesa que não tenha doces tradicionais. Faz parte da nossa cultura, de uma história que começou, sobretudo, nos conventos no século XV, onde havia uma grande abundância de ovos.

As claras eram usadas para engomar os hábitos das freiras e para filtrar o vinho do Porto. Já as gemas eram usadas na confeção dos chamados doces conventuais. Inicialmente, para os adoçar, as freiras usavam mel, mas com o início da época dos descobrimentos o açúcar das colónias passou a estar disponível.

Com o passar o tempo, e com a dissolução das ordens religiosas, algumas receitas perderam-se mas muitas foram passando entre gerações familiares e ainda hoje são confecionadas.

RELACIONADOS

Coolhunting

North West veste-se de Kris Jenner e as parecenças são evidentes

A filha mais velha de Kim Kardashian surge igualzinha à avó e mostra que o clã está para durar.

Gourmet