Fotografia: Unsplash
Gourmet

12 restaurantes em Lisboa que tens de experimentar hoje

Estás por Lisboa e queres ter uma experiência gastronómica diferente da que estás habituado ou, quem sabe, mais empolgante? Vê estas sugestões.

A Condé Nast visitou-nos e experimentou alguns restaurantes em Lisboa para nos dar uma lista dos locais a visitar. Uns são mais conhecidos, outros nem tanto, uns mais baratos que outros, mas todos são imperdíveis.

BAHR

O restaurante do Bairro Alto Hotel é um triunfo. O menu é da responsabilidade do chef Bruno Rochas, que apresenta deliciosos pratos como lulas grelhadas ao alho com feijão verde e nabo, carne crua 'pica-pau' taco com apenas um toque de abacaxi e pregado selvagem amanteigado com molho de couve verde e chouriço – este último altamente recomendado.

Preço: €€€

Onde? Bairro Alto

Devo marcar? Sim

O Velho Eurico

Este acolhedor restaurante está escondido num recanto a caminho do Castelo de São Jorge. Na ementa sobressaem pratos como o bacalhau à brás, as batatas fritas esguichadas (cobertas com queijo e molho à base de tomate) e o choco alhado. É perfeito para um jantar com um grupo de amigos.

Preço: €

Onde? Perto do Castelo de São Jorge

Devo marcar? Sim, através do email ou página de Instagram

Ofício - Tasco Atípico

O recém-reaberto Ofício é tão popular que é preciso reservar com semanas de antecedência. Experimenta o croquete de Alheira, o torresmo estaladiço e a sapateira recheada do Algarve. Nenhuma refeição estará completa sem uma fatia da torta de queijo idealizada, durante o segundo confinamento, pelo chef Hugo Candeias.

Preço: €€

Onde? Bairro Alto

Devo marcar? Sim

BouBou’s

Inaugurado em 2018 pelo casal Agnes e Alexis Bourrat, o BouBou's é um restaurante divertido e descontraído. Se gostas de menus de degustação, este é imperdível. Os pratos são variados e cheios de sabor, centrados nos produtos sazonais e no desperdício zero. Não é vegetariano, mas há uma tendência para pratos vegetarianos como a batata-doce servida com leite de tigre de coco e limão kaffir, e um nori taco com arroz kimchi e seitan. Dica: escolhe uma mesa com vista para a cozinha aberta para veres a ação de perto.

Preço: €€€

Onde? Príncipe Real

Devo marcar? Sim

Trinca

Escondido numa rua residencial na zona dos Anjos em Lisboa, o Trinca é um moderno restaurante de petiscos localizado num edifício tradicional. Serve pratos do mundo fortemente inspirados nas cozinhas sul-americana, japonesa e, claro, portuguesa.

Preço: €

Onde? Anjos

Devo marcar? Sim, através da página de Instagram

Prado

O restaurante aplica um foco local em tudo o que serve, graças a parcerias com agricultores, pescadores e produtores de vinho locais. A carta é orgulhosamente 100 por cento portuguesa e apresenta pratos como a abóbora com soro de leite e manteiga torrada, o peixe com emulsão de lagosta e o brioche com vinho do Porto branco e chocolate.

Preço: €€€

Onde? Santos

Devo marcar? Sim

Pica-Pau

É um ótimo local para experimentar a comida portuguesa. O pica pau é obrigatório mas os pasteis de bacalhau e o polvo à lagareiro também.

Preço: €€

Onde? Príncipe Real

Devo marcar? Não é obrigatório

ALMA

O chef executivo Henrique Sá Pessoa é o responsável do espaço com duas estrelas Michelin. Os clientes podem esperar um toque internacional na culinária portuguesa, tornando-o um dos favoritos dos gourmets locais. Podes escolher entre menus fixos ‘costa a costa’, com peixe português, ou soul, inspirados nos clássicos do chef – ou, para quem preferir, um menu à carta.

Preço: €€€€

Onde? Chiado

Devo marcar? Sim

Davvero

É difícil escolher um prato que se destaque neste clássico restaurante italiano – entradas, pratos principais e pudins são todos maravilhosamente consistentes – mas o bife é cozinhado na perfeição e a tarte de limão é uma forma deliciosa de terminar a refeição.

Preço: €€

Onde? Amoreiras

Devo marcar? Para jantar, sim

Taberna da Rua das Flores

Pede o tataki de atum, tostas de sardinha e beringela frita com mel da Madeira. Vais querer provar a impressionante carta de vinhos, repleta de brancos, tintos e verdes locais.

Preço: €€

Onde? Bairro Alto

Devo marcar? Não é possível. O melhor é chegar cedo

Gunpowder Lisboa

Os londrinos provavelmente conhecerão e amarão o Gunpowder, onde a marca já tem três restaurantes. A ementa é semelhante à britânica mas com um toque mediterrâneo.  Pede as ostras algarvias com kachumber em conserva, os grandes e suculentos camarões selvagens de Madagascar com alho assado e molho de tomate ou robalo grelhado com molho de coorgi verde.

Preço: €€

Onde? Bairro Alto

Devo marcar? É recomendado

Lota D´ávila

É o mais novo concorrente do rei do marisco de Lisboa, o Ramiro. Se não sabes por onde começar, pede o prato de frutos do mar com com camarões frescos, ostras e caranguejo. Depois a paella de tinta de lula, que é perfeitamente salgada e alhada.

Preço: €€

Onde? Campo Pequeno

Devo marcar? É recomendado

Nota: € - mais barato / €€ - moderado / €€€ - caro / €€€€ - mais caro

RELACIONADOS

Coolhunting

Com estes móveis pretos não tens como falhar na decoração

São elegantes, intemporais e muito democráticos, já que garantem a originalidade de qualquer ambiente.

Gourmet