Hollywood obcecada com a tendência “Hippie Dad”
Coolhunting

Hollywood obcecada com a tendência “Hippie Dad”

A culpa é do ator Chris Pine. E Brad Pitt já é um copycat.

Esqueçam as imagens que temos na cabeça talvez impostas pela indústria cinematográfica: a de homens que se passeiam pelas largas avenidas de Los Angeles com fatos pretos, bem engomados e elegantes, ou vestidos de cores sóbrias e peças básicas, discretos como quem cumpre um código de moda que só eles entendem e convencionaram. Por estes dias, e muito por influência das celebridades que também ali vivem, os homens em Hollywood estão diferentes. E por diferente entenda-se que já são vistos como uma nova tendência na moda masculina: nasceram os “Hippie Dad”.

Quem são?

Na grande maioria trata-se de heterossexuais com um estilo muito singular e com um look, do cabelo aos sapatos, que já se tornou a nova obsessão na Califórnia. A estética inspira-se, tal como a nome indica, num estilo meio hippie e boho muito em voga nos anos 70, e que hoje volta a conquistar homens, muitos deles acima dos 50 anos.

E se queremos atribuir autoria (ou culpa), esta nova tendência parece ter como precursor o ator Chris Pine – ainda que o seu guarda-roupa não seja unicamente hippie nem seja pai. Mas o estilo boémio, as camisas bordadas com motivos florais, os sapatos Gucci, o cabelo pouco arranjado e a barba por fazer, tem criado seguidores à volta desta febre “Hippie Dad”.

Entre esses novos “Hippie Dad” encontramos um veterano das passadeiras vermelhas e um ícone de estilo desde sempre, a verdade é que também Brad Pitt é rotulado atualmente como um “Hippie Dad. Depois do divórcio com Angelina Jolie, o também ator deixou crescer o cabelo e até lançou uma linha de camisas de caxemira à venda no site Goop, a marca de bem-estar da antiga namorada Gwyneth Paltrow.

Enquanto tendência de moda terá o seu tempo, para já mostra um regresso a peças e estilo que fizeram sucesso em décadas passadas, mas agora usadas com um certo twist. Por outro lado, é também visto como uma alternativa a uma movimento na moda masculina mais feminino e romântico que vemos em artistas como Harry Styles e Jaden Smith.

RELACIONADOS

Coolhunting

Letizia vs Meghan: uma batalha de looks memoráveis

Letizia, a rainha da elegância, Meghan, a duquesa que já não lhe fica atrás.

Coolhunting