Bella Hadid para a coleção Back to School da Coperni
Coolhunting

Da Mango à Prada, o colegial está de volta e o T.P.C é aderir à tendência

O estilo colegial tem décadas, mas volta como uma das grandes tendências da próxima estação.

Nem todos andámos num colégio em que fosse obrigatório usar uniforme, mas estes sempre fizeram parte das nossas vidas, nem que seja pelas séries televisivas.

As combinações usadas no clássico filme “Diário de uma Princesa” (2001), as estilosas escolhas de Serena e Blair da série “Gossip Girl” (2007) e também os looks diversificados da mais recente série “Sex Education” (2019) — referências da ficção nas quais há sempre colegiais boazinhas e populares, mas todas com um toque sexy q.b.

Em todos os fimes e séries as saias plissadas com padrões geométricos, os coletes ou blazers cintados e retos e as camisas brancas marcam o estilo colegial que, no que à moda diz respeito, terá começado a fazer-se notar na coleção de outono de 1967 de Rudi Gernreich.  

O que nunca pensámos é o quão sustentável é esta tendência colegial. 

“O que é ótimo nessa nova tendência é que parece fresca e moderna através de camadas, silhueta e cor, mas quando desmontas o visual — o blazer, a camisa, o vestido — são tudo clássicos atemporais e de alfaiataria que transcendem as micro tendências e duram além de uma única temporada”, refere Laura Yiannakou, da WGSN, ao “Financial Times”. 

Ser uma colegial torna-nos mais jovens e garante-nos que temos peças que, além de durarem anos, são versáteis para usar noutros dias com umas jeans. Pronta para o regresso ao trabalho como se fosses uma estudante?  

RELACIONADOS

Nécessaire

Comemos todas as bolas de Berlim deste mundo e agora? Um detox

O milagre és tu que fazes (com uma ajudinha). Além de um detox, o regresso à rotina é a chave no pós-férias.

Coolhunting