Meghan Markle
Coolhunting

Da roupa ao vinho, viva o luxo na vida de Meghan Markle

A duquesa aparece sempre impecável, tanto em forma física, como em looks. Damos-te permissão para copiar.

O príncipe Harry e Meghan Markle disseram adeus aos luxos da família real em janeiro de 2020 para ganharem a sua independência nos Estados Unidos, mas não abandonaram um estilo de vida luxuoso. Uma parte tem sido garantida pelos projetos do casal, incluindo o mais recente podcast de Meghan Markle, Archetypes.  

O primeiro episódio foi lançado a 23 de agosto e Meghan teve como primeira convidada a tenista Serena Williams, que se despediu dos courts a 3 de setembro e com muito estilo

Contudo, mais do que falar sobre o percurso da tenista e do feminismo no ambiente em que viveu durante os 27 anos de carreira, Meghan Markle deixou escapar alguns pormenores da vida pessoal. Deste modo tem-se o melhor de dois mundos num só podcast: saber tudo sobre os convidados e sobre a vida da duquesa de Sussex. E só com as três primeiras conversas já faturou mais de 60 milhões de euros.

É uma ajuda para os gastos de Meghan Markle, incluindo os da roupa que lhe garante looks irrepreensíveis. O mais recente foi usado no One Young World Summit, em Manchester, sobre o qual já sabemos tudo.  

Roupa, malas e jóias — uma fortuna para visuais de sonho 

Harry e Meghan Markl regressaram ao Reino Unido para participar em vários eventos solidários e para o primeiro, em que a duquesa de Sussex voltou a falar ao país desde a renúncia aos cargos reais, escolheu um look elegante e nada revelador, composto por uma blusa de manga comprida e umas calças, ambas em vermelho para seguir as tendências, da Another Tomorrow.  

No total, o conjunto custou 1.130 euros (540 euros da blusa e 590 euros das calças) e não ficou por aqui. Mais 930 euros foram indispensáveis para usar nos pés uns pumps da Aquazzura, em pele vermelha, e cerca de 3 mil euros para o anel e os brincos.  

Contas feitas, o look simples (só ao alcance de alguns) custou mais de 5 mil euros. 

É apenas um exemplo dos gastos diários de Meghan Markl para andar sempre com as últimas tendências. O orçamento é amenizado quando a duquesa usa peças da H&M, mas mesmo assim o guarda-roupa já chegou a ser avaliado em 2018, pelo blogue de moda UFO No More, em mais de 500 mil euros — valor que não deverá andar longe do atual.  

Neste montante está também incluída a coleção de malas de luxo de Meghan. Apesar de pequenas, para a duquesa uma Dior Lady D-Lite (quase 5 mil euros) ou uma Victoria Beckham Powder Box (cerca de 628 euros) funcionam como básicos no closet.  

Quanto a acessórios, fora o anel de noivado da Cleave & Company, que ronda os 353 mil euros, usado todos os dias, a duquesa não dispensa adornar o pulso com um relógio Cartier Tank Française (8.500 euros). 

 

Da mansão ao jato, os luxos que apenas podemos admirar  

Se os luxos anteriores são possíveis de encontrar em lojas físicas ou online, há outros que são apenas para admirar. Um deles é a mansão de Harry e Meghan Markle, em Montecito em Santa Bárbara, Califórnia, que terá custado quase 15 milhões de euros.  

Uma fortuna em troca de 1672.255 metros quadrados de propriedade onde a família — Harry, Meghan e os dois filhos, Archie Harrison e Lilibet Diana — pode ter a privacidade que queria, quando decidiu sair do Reino Unido. 

E sempre que precisam de viajar  têm à disposição um jato privado, um Cessna 680 Citation Sovereign, estimado em 6,5 milhões de euros, segundo a “Hello!".  Já no dia a dia é vista muitas vezes no seu Range Rover Vogue (cerca de 45 milhões de euros).

Entre os seus prazeres está o ioga  e o seu vinho favorito é o Tignanello que ronda os 132 euros por garrafa — mais do que gerir as finanças de forma independente, Meghan sabe equilibrar a vida ao aliar a saúde do exercício físico ao prazer de um bom copo de vinho.  

 

RELACIONADOS

Gourmet

Nespresso a um euro: What else?

Custa a acreditar, mas podes mesmo ter uma máquina novinha em folha sem ter de desembolsar uma só nota.

Coolhunting