Moschino SS 2023
Coolhunting

Pausa no outono. Tens de ver o que a Moschino guarda para 2023

A bóia de salvação para tempos difíceis chegou e está repleta de cor.

Andamos nós aqui a pensar em sobretudos, botas e tudo o que nos aqueça no outono/inverno 2022 e há marcas que já estão na fase seguinte: primavera/verão 2023. É o caso da Moschino, que apresentou a nova coleção na Semana da Moda de Milão. E está tão genial, que merece uma pausa no outono.  

Está repleta de malas insufláveis, de sapatos que parece que se enchem como uma bóia e de cor para os dias cinzentos que atravessamos. Falamos dos tempos de inflação, que acabaram por inspirar o formato insuflável de grande parte das peças criadas por Jeremy Scott, diretor criativo da Moschino.  

Face ao que acontece um pouco por todo o mundo, as novidades da marca pretendem ser como o colete salva-vidas numa piscina em que todos parecem estar a afogar-se.

Contudo, não deixa de ser controverso que numa altura em que se tenta evitar o plástico e tornar a moda mais sustentável, o diretor criativo da marca carregue a passerelle com este material.  

Mas como em tudo há um lado bom e um lado mau, Jeremy Scott preferiu ver o que a nova coleção traz de bom.  

“Acho que mesmo com esta negatividade, precisamos de arranjar espaço para a alegria de modo a sermos capazes de continuar, de batalhar, de lutar, de seguir em frente”, disse nos bastidores do desfile, de acordo com a “WWD”.  

É tempo de vir ao de cima desta piscina e de espreitar na galeria o que a marca tem para a primavera/verão 2023.  

RELACIONADOS

Coolhunting

Elegemos o penteado dos Globos de Ouro: ondas hollywood

São os vestidos que mais atenção roubam, mas quando o penteado é perfeito ninguém fica indiferente

Coolhunting