Khloé Kardashian
Nécessaire

Kardashians: novas cirurgias ditam um novo e tirano padrão de beleza?

Mudam-se os tempos, mudam-se as cirurgias. Retroceder ao "natural" é o novo mote do clã Kardashian e resta saber se nos submetemos a estas vontades e manias.

Querendo ou não aceitar, a verdade é que, de uma forma mais ou menos exata, as Kardashians estabeleceram no decorrer dos anos um padrão de beleza que a muito deveram às inúmeras cirurgias estéticas a que se submeteram (mesmo que muitas das suas intervenções estejam por confessar). O “plástico” passou a ser a busca de uma dita perfeição e o número de procedimentos aumentou exponencialmente nos últimos tempos.

O mal da estética de Instagram que contaminou tudo e todos, com o artificio de um corpo inacessível. E, sim, foi essencialmente Kim e Khloé Kardashian que serviram de inspiração à maioria.

Implantes e mais implantes para formas voluptuosas, passando por lábios “ “a la Jolie” com injeções intermináveis de ácido hialurónico, sem falar de rostos quase que desenhados, com recurso ao botox e à pouca ou nenhuma expressão que este pode conferir, bem como a preciosa ajuda de uma maquilhagem que demora horas a ser esculpida. Uma ideia opressora para as jovens que incessantemente buscam esta imagem e, agora, voltam a ser servidas com um “novo bonito”, que de igual forma menospreza o corpo que temos.

As vontades mudaram-se e agora quer-se voltar ao “natural”. As irmãs Kardashians adotaram novas silhuetas, que subtraem todas as formas exageradas. Adeus, maminhas grandes e rabos astronómicos? Daquele lado, parece que sim.

E ainda que não haja confirmação sobre as cirurgias de remoção dos implantes - que, em primeira instância, juram nunca terem colocado (e nós fingimos que acreditamos) - os internautas não têm dúvidas e nós também não.

Dito isto… é ver as imagens.

RELACIONADOS

Coolhunting

O calçado de verão perfeito não existe? Disse ninguém, porque ele existe

Qual é a coisa qual é ela que procuramos quando queremos um calçado de verão? Conforto, qualidade e durabilidade.

Nécessaire