Fotografia: Getty
Nécessaire

O Rei Carlos III está em dieta... pelo planeta

Uma dieta em nome do clima e não pelos números da balança é o compromisso do Rei Carlos III. Possivelmente, a dieta mais fácil de seguir.

O Rei Carlos III podia estar a seguir qualquer regime alimentar, mas numa altura em que as alterações climáticas continuam a afetar o nosso planeta, sendo preocupação em conferências como a COP27, escolher uma dieta mais amiga do ambiente é a melhor opção.

O monarca do Reino Unido segue a dieta climática, isto é, uma alimentação equilibrada, sem desperdício e com a mínima pegada ambiental. Em suma, ainda que seja uma dieta saudável e equilibrada, os benefícios para o ambiente são o foco.

O sucessor da rainha Isabel II segue esta dieta, segundo avança o Express UK, deixando de parte a carne durante dois dias por semana e os lacticínios um dia por semana. Para cumprir este regime, ajuda o facto de o Rei Carlos III gostar de vegetais.  

"O amor do Rei Carlos por alimentos à base de plantas aumenta o seu consumo de fibras, diminui as gorduras saturadas e reduz a pegada de carbono”, disse Signe Svanfeldt, nutricionista do Lifesum, ao Express UK.

Segundo revela o ex-gerente da Welsh Culinary Team, Graham Tinsley MBE, à Hello!, um dos alimentos desprezados pelo Rei Carlos III é o chocolate, felizmente, uma vez que este alimento tem uma elevada pegada ambiental.

Sabias que o chocolate é responsável pelo uso de 10 mil litros de água só para produzir um quilo de gulosice?

RELACIONADOS

Design e Artes

Fãs do Titanic, descobriram a origem do misterioso som proveniente do navio

Lembram-se daquela estranha frequência de som detetada em 1996 ao redor do navio naufragado Titanic? As teorias da conspiração são, agora, deitadas por terra.

Nécessaire