Carlos III
Coolhunting

Carlos III. O homem que sucede ao trono e vai mudar a imagem do Reino Unido

O príncipe é agora rei e vai representar a monarquia britânica. Clássico e com menos cor, eis Carlos III.

O mundo ainda está a reagir à notícia que encerrou esta quinta-feira, 8 de setembro: a morte da rainha Isabel II. O protocolo London Bridge exige procedimentos rápidos e esta sexta-feira, 9, o filho da rainha, príncipe Carlos, passa já a rei Carlos III, após a proclamação do Conselho de Adesão no Palácio de St. James.

O Reino Unido vive dias de luto e de mudança, passado a célebre frase "God save the Queen" para "God save the King". Rei este que ao longo dos anos foi aprendiz da rainha que teve um dos reinados mais longos da história, 70 anos à frente da monarquia britânica, e que agora assume o legado da mãe. 

Aos 73 anos Carlos III sucede à rainha Isabel II, ao lado da agora rainha consorte Camilla, e muda a imagem do Reino Unido.  

O estilo da monarca ao longo dos anos favoreceu consistentemente a elegância régia sobre a moda, com um impressionante guarda-roupa pós-coroação que expressava profundamente a ideia que ela tinha sobre o seu papel como líder do seu país — deixando-nos com um legado de alfaiataria que se classifica como um dos mais icónicos do mundo", escreve o “Times”.  

De um ícone feminino para um ícone masculino em ascensão, a realeza britânica vai passar a ser representada pelo homem cujo estilo segue as tradições, como o kilt tradicional na Escócia, e que para outras ocasiões adota estilos mais formais, de fato, mas sempre com o apontamento de um lenço ao peito ou um colete elegante.  

RELACIONADOS

Gourmet

Não precisa de ser Michelin. 16 exemplos em que a apresentação faz a gula

Fazemos-te uma promessa: depois de uma garfada, nem serás capaz de dizer “UAU”.

Coolhunting