Fotografia: D.R.
Design e Artes

Encontrámos os candeeiros que vão melhorar os teus serões

Uma couve a iluminar a sala ou um candeeiro com coluna, há que dar largas à imaginação e criar o ambiente perfeito em casa.

Um candeeiro não deixa de ser um simples candeeiro, mas sempre fui minunciosa com este peça de decoração. Quando no teto, não pode ser demasiado fechado para não abafar a luz, quando de mesa, a costura do abajur tem de estar escondida, e quando de pé, é importante que a iluminação seja amarela para um total conforto.  

São aspetos que parecem irrelevantes, mas fazem toda a diferença, por exemplo, quando dedicamos o serão a ler um livro numa poltrona. Se a iluminação for branca, a sensação é a mesma de estar num hospital — o oposto do que se pretende e não somos só nós que o dizemos: um especialista em design defende o mesmo. 

Em casa queremos sentir-nos bem e no conforto e tudo o que está na galeria contribui para essa sensação. A cerâmica, cada vez mais em voga, está presente num candeeiro da Zara Home e a sustentabilidade num dos novos candeeiros da Ulisses Design, marca criada pelo português Ulisses Pereira, que usa desperdícios de fábricas como matéria prima.  

Já para um toque mais original, eis um polvo a segurar uma lâmpada, uma couve da Bordallo Pinheiro já a pensar na iluminação da mesa da consoada de Natal ou um candeeiro com coluna Bluetooth da Ikea. I’m in para qualquer um (desde que a luz seja amarela).   

RELACIONADOS

Coolhunting

ME(E)T the Hitchcock of Fashion

Karl Lagerfeld será homenageado na gala do Metropolitan Museum of Art de Nova Iorque

Design e Artes