Cameron Diaz. Fotografia: reprodução Instagram
Coolhunting

O luxo dos 50 anos: tomar dois pequeno-almoços como Cameron Diaz

Os métodos de Cameron Diaz para estar em boa forma aos 50 anos são fáceis demais. Tão fáceis que já queremos chegar a esse patamar.

O vinho pode ajudar, mas não é o único segredo para a atriz Cameron Diaz não aparentar ter 50 anos feitos em agosto. Há muitas práticas por detrás do rosto e corpo que provocam uma inveja saudável, que têm vindo a ser partilhadas em entrevistas e em dois livros que co-escreveu.  

Um é o ‘The Body Book’ e outro o ‘The Longevity Book’, (que só pelos nomes fazem levantar as rugas de expressão de curiosidade) com dicas como beber todos os dias um copo de vinho da marca criada pela própria e por Katherine Power, a Avaline.

Ir ao ginásio, nem que seja por 10 minutos 

Gostávamos de dizer que não é preciso treinar aos 50 anos, no entanto, é mesmo necessário algum esforço para manter a forma física. Mas só algum.  

“Há dias em que vou ao ginásio só 10 minutos”, disse à revista Self. “O facto de me ter levantado e chegado lá, é importante para mim. Porque no final de tudo, quero poder dizer: 'Fiz o melhor que pude'". 

O mandamento é não desistir e esperar que chegue então a energia para os treinos favoritos de Cameron: uma combinação de musculação, HIIT e pilates. 

Comer dois pequenos-almoços 

Gostámos particularmente deste método de Cameron Diaz. Esqueçam lá o jejum intermitente, porque para aguentar o dia a dia de responsabilidades e afazeres aos 50 anos, é preciso nutrir o corpo.  

Para tal, a atriz toma um primeiro pequeno-almoço antes de treinar (normalmente ovos mexidos, torradas, abacate, uma maçã com manteiga de amêndoa, aveia adormecida ou um pedaço de frango, disse ao ‘Bon Appetit’) e depois de treinar volta a comer.  

Aí faz uma refeição completa, com frango, leguminosas e legumes salteados ou assados.  

Uma rotina de skin care simples 

“Literalmente não faço nada”, disse no podcast ‘Rule Breakers’. “Nunca lavo o rosto. Duas vezes por mês, com sorte, penso tipo 'ah, é melhor colocar isto. Uma vez funciona, certo?’".  Para a atriz o "skinimalism" parece resultar aos 50.

 

RELACIONADOS

Coolhunting

“Forever Valentino”: Um ato de amor e a maior exposição da Casa Italiana

A maior exposição de sempre sobre a história da Valentino leva-nos a querer marcar já uma viagem para o Qatar.

Coolhunting