Anitta
Nécessaire

Anitta lança perfume íntimo: um frasco de controvérsia ou de astúcia?

Se há quem condene o nascimento deste perfume, a começar pelo nome do mesmo, há quem prometa juntar este frasco à rotina de beleza. Por aqui, também temos opinião e considerações a fazer.

A cantora brasileira Anitta é uma figura que, de forma quase natural, dividi opiniões. Muitas delas (ou mesmo a maioria) nada têm a ver com o seu talento para a música. Venerada por milhões e criticada por outros tantos, há apenas algo que não podemos discordar: a artista sabe fazer dinheiro e voltou a assinar mais um projeto que lhe promete milhões de euros.

Puzzy - um nome de uma pujança sem rodeios - é um perfume íntimo prestes a chegar ao mercado, que não despreza géneros, mas é especialmente indicado para as mulheres. Da mesma forma que perfumamos a roupa ou o pescoço – por que não perfumar a vagina? A ideia não me transtorna, principalmente por saber que este frasco inofensivo foi criado em parceria com a CIMED – a quarta maior indústria farmacêutica do Brasil.

O perfume está prestes a ser comercializado no Brasil e, segundo os representantes da cantora, em breve, será exportado para os Estados Unidos da América e o México. Quanto a nós, vamos ter de esperar. Vai custar entre 70 a 100 reais, ou seja, entre 13 a 19 euros, o que perfaz um valor apelativo às massas. O lote inicial de 500 mil unidades prevê uma faturação de 40 milhões de reais – quase 8 milhões de euros. Astúcia? Parece-me evidente.

E já que a Anitta foi para o nosso ritual de beleza chamada - não sendo a primeira e certamente não sendo a última empresária a lançar um perfume íntimo - apelo a que assistam ao documentário da cantora na Netflix. Conhecer o outro lado de um dos maiores sucessos da cultura funk brasileira não nos convencerá a comprar ou a deixar de comprar este perfume, mas dá-nos uma visão sobre o posicionamento das massas em matéria de gerar sucessos – quanto mais cutucamos o que incomoda os outros, mais os outros falam de nós e mais dinheiro damos à Anitta para um verdadeiro “show das poderosas”.

RELACIONADOS

Coolhunting

Para um plágio de estilo, com Gwyneth Paltrow o crime compensa: 7 looks

Inspiração para este verão precisa-se. Gwyneth Paltrow o que tens para nós?

Nécessaire