Jaeger-LeCoultre Master Control Chronograph Calendar
Coolhunting

Um Jaeger-LeCoultre vem sempre a tempo do Natal

Nesta época festiva, a marca perpetua a herança da sua manufatura e a excelência do seu savoir-faire, em criações complexas e com códigos Art Déco

Se as grandes feiras da indústria relojoeira são o ponto alto do ano para se conhecerem as novidades das grandes marcas, o Natal é, por tradição, a época em que muitos de nós desejamos ter uma peça de alta relojoaria no pulso. Tempo é coisa que não nos falta para escolher um bom relógio e, quando se trata de um Jaeger-LeCoultre, no meu caso, tenho todo o tempo do mundo.

Para este fim de ano, a marca suíça aposta no ouro e em toda uma atmosfera alegre e luminosa. O alfabeto 1931, especialmente criado pelo artista de caligrafia Alex Trochut, ganha toques de Art Deco, com cada letra a contar uma história e a servir de janela para a precisão da alta relojoaria.

Entre as Escolhas Versas, temos o Reverso intemporal, perfeito para homens e mulheres desde a sua criação em 1931; o Polaris, com traços e espírito inspirados no icónico Polaris Memovox de 1968, com um caráter mais desportivo e sem perder a elegância da assinatura da Grande Maison; a coleção Rendez-Vous, que incorpora toda a experiência desenvolvida pela Jaeger-LeCoultre nos últimos 190 anos e que chega cheia de brilho; e a coleção Master, que, desde a sua apresentação em 1992, se assumiu pelo rigor técnico, numa constante evolução, mas mantendo um profundo respeito pela tradição da marca.

Perde o tempo que for preciso na galeria que preparámos para ti.

RELACIONADOS

Coolhunting

Peças com um toque de veludo para o teu Natal, por menos de €30

Depois dos gastos com presentes, eis sete peças em conta e com um toque sedoso para celebrares o Natal em família.

Coolhunting