Mango, outono/inverno 2022
Coolhunting

O regresso ao trabalho é feito de mãos dadas com a Mango

O terror da rotina pode ser amenizado com um look que nos deixe mais confiantes do que nunca.

Setembro é sempre um mês complicado. Regressamos das férias (os sortudos que ainda vão de férias, por favor, não nos esfreguem isso na cara) e o mês parece não ter um fim à vista. Ao mesmo tempo, é também o mês da rentrée: voltamos com as energias recarregadas para os projetos que se avizinham. A tudo isto juntam-se os primeiros vislumbres de uma nova estação. Por outras palavras, e de forma muito sucinta, gostamos de regressar com um guarda-roupa renovado.

A Mango, uma das marcas de moda mais globais da Europa, não deixa nada ao acaso e já pensou nesse regresso ao trabalho. Fê-lo com uma campanha que dá pelo nome de “Love what you do”. A marca aposta no regresso ao trabalho, à rotina, e nas peças de vestuário ideais para esse momento, destacando-se sobretudo a qualidade das mesmas.

Marie Sophie, produtora; Conie Vallese, artista visual; Klara Kristin, compositora; Félix Gesnouin, cenógrafo; e Babacar N'Doye, modelo. Estes são os protagonistas a que esta nova campanha dá visibilidade e cujos perfis, quer pelas suas diversas áreas profissionais, quer pelas suas experiências pessoais, ajudam-nos a transmitir a importância daquilo que fazemos na sua relação com a pessoa em que nos tornamos: somos a nossa cidade, a nossa família, os nossos hobbies, os nossos sonhos, os nossos amigos e, claro, o nosso trabalho e estilo de vida.

Esta coleção é baseada, sobretudo, em peças premium que juntas formam um guarda-roupa intemporal. A lã, a caxemira, a seda e o algodão são os materiais-chave destas propostas. Os destaques são as peças de vestuário exterior como o sobretudo de alfaiataria, a gabardina de lã ou de pele, os blusões, os fatos de lã de três peças, os coletes ou as camisolas de lã e o vestido-corpete combinado com uma camisa de popelina por baixo.

A parte masculina deste novo lançamento segue o mesmo ADN, com peças de qualidade superior. Como peças-chave, destacam-se os fatos, as camisas, os sobretudos de lã e as gabardinas. A proposta inclui também peças da linha performance, como um fato que não enruga, uma gabardina que repele a água ou a camisa fácil de cuidar (é leve, praticamente não vinca e é também elegante).

O regresso ao trabalho afinal não tem que ser um cabo das tormentas, basta pensarmos num look grandioso.

RELACIONADOS

Design e Artes

Somersby Out Jazz despede-se do verão em setembro

  • 29 ago, 12:10
Redação

Os Jardins do Palácio Marquês de Pombal, em Oeiras, recebem a última edição do festival em 2022. A entrada é gratuita.

Coolhunting