Lox Club. Fotografia: Instagram Lox Club
Design e Artes

Só quem é ridiculamente exigente num date pode pertencer a este clube

Deslizar para a direita ou para a esquerda não é a opção e o namoro à janela deixou de estar na moda. Queremos mais e melhor.

"As aplicações de date estão funcionam muito bem comigo". Nunca ninguém disse. Nós odiamos aplicações de encontros e é por isso que fizemos uma. O nosso objetivo é ajudar as pessoas a conhecerem-se através de experiências de encontros muito menos limitadas” é assim que se apresenta o Lox Club.

Esta plataforma é um clube exclusivo que começou com uma história de amor em 1923: uma mulher viveu uma paixão assolapada por um homem que sofreu uma morte precoce. De coração partido, a mulher decidiu abrir um clube secreto para que todos pudessem encontrar um amor como ela tinha encontrado. Nasce o clube Lox, que passou a ser frequentado só por pessoas da elite judaica: celebridades, políticos, homens de negócios, mafiosos, etc. Outros não judeus, como Frank Sinatra e Marilyn Monroe, eram convidados frequentes. Mas as portas fecharam em 1956… até voltarem abrir no mundo digital do século XXI.

Lox Club é um clube de encontros só para “membros com padrões ridiculamente elevados”. As experiências vão além do digital e existem eventos pomposos para conhecer pessoas “que a mãe aprova”.

Como entramos neste mundo de encontros “premium”? O comité de membros confere a cada candidato o direito de decidir se os novatos são adequados à comunidade. Se forem aceites, cada novo membro paga uma taxa de filiação para “garantir a adesão pelas razões certas" e, sim, não sai barato.

Curioso? Visita o site.

RELACIONADOS

Nécessaire

Ser Bhouter é a nova cena

O fitness boxing é agora um jogo e o saco de boxe da Bhout tem inteligência artificial!

Design e Artes