Campanha Natal Pepsi | Fotografia: D.R.
Gourmet

Pepsi rouba o Pai Natal à Coca-Cola e torna esta campanha viral

O Natal deste ano já lá vai, mas o vídeo da mais recente campanha da Pepsi continua nas bocas do mundo.

A imagem do Pai Natal está de tal forma associada à Coca-Cola que muitos são aqueles que chegam a acreditar que foi a marca que criou a mítica figura. Mas não. A imagem da figura de barbas brancas nasce de São Nicolau e sofre diversas evoluções ao longo dos anos até à roupagem encarnada que todos conhecemos.

O Pai Natal ganhou uma imagem semelhante aquela que hoje conhecemos em 1863, pelas mãos do cartoonista americano Thomas Nast e só anos mais tarde, em 1930, é que a Coca-Cola contrata o ilustrador Haddon Sundblom e cria a primeira campanha de Natal que leva o refrigerante até ao imaginário natalício e transforma o Pai Natal numa figura de marketing.

Numa reviravolta hilariante e repleta de humor, a Pepsi, marca rival da Coca-Cola, criou uma nova campanha de Natal que pretende desafiar os consumidores a questionarem tradições de uma forma divertida e disruptiva, celebrando o poder das escolhas.

 

No vídeo, o Pai Natal é “apanhado” pelas câmaras de segurança de uma bomba de gasolina a beber Pepsi MAX, a versão de Pepsi zero açúcar. Além deste vídeo disponível no YouTube, a marca decidiu ainda estrear-se com a campanha digital no Tik Tok, com partilhas no Instagram, protagonizadas por três caras conhecidas da plataforma que ilustram situações cómicas para um Natal diferente.

RELACIONADOS

Coolhunting

Jenna Ortega é o novo rosto da Adidas, mas a melhor notícia é outra

Foram precisos 50 anos e Jenna Ortega como embaixadora da marca, para a Adidas lançar uma nova linha de roupa.

Gourmet